Deprecated (16384): Validation::notEmpty() is deprecated. Use Validation::notBlank() instead. [CORE/Cake/Utility/Validation.php, line 60]
Deprecated (16384): Validation::notEmpty() is deprecated. Use Validation::notBlank() instead. [CORE/Cake/Utility/Validation.php, line 60]
Tratamentos para fimose infantil - É Coisa de Menino - Apsen Farmacêutica

Tratamentos para fimose infantil

Tratamentos para fimose infantil


Tratamentos para fimose infantil

Quem é mãe ou pai de menino precisa ficar de olho na fimose. É normal que o bebê, ao nascer,  tenha uma camada de pele grudada à glande (cabeça do pênis), como uma forma de proteção natural. A fimose acontece quando esse excesso de pele não regride ao longo do tempo.

Neste texto, vamos te ajudar a entender quais são as características da doença e os tratamentos para fimose infantil que podem resolver o problema sem cirurgia. 

Como identificar 

A fimose é uma alteração na camada da pele que cobre o pênis. Quando há esse excesso de pele, pode ser que fique  difícil - ou impossível - a passagem da glande (cabeça do pênis). Até os três anos de idade, é esperado que 90% dos meninos já tenham a retração do prepúcio - como é chamada a camada da pele do pênis. 

Além de observar a dificuldade da exposição da glande, para detectar a fimose, é importante se atentar a outros sinais como irritações, assaduras, inflamações e infecções urinárias. Quando a criança está com fimose, é possível também identificar uma secreção esbranquiçada, que possui mau cheiro e é formada por bactérias e fungos.

Caso você suspeite que o seu filho esteja com fimose, o primeiro passo é procurar o pediatra o quanto antes. Ele é o profissional mais indicado para avaliar a criança e definir qual será o tratamento mais adequado. 

Meu filho tem fimose. E agora?

Calma, não é preciso se preocupar! Existem tratamentos para a fimose infantil que antecedem a intervenção cirúrgica - que só deve ocorrer após os cinco anos de idade.

O uso diário de pomadas, acompanhado de massagens com orientações médicas, pode ser muito eficaz. O tratamento dura, em média, oito semanas para obter resultados positivos. 

Riscos da fimose

A fimose aumenta os riscos de infecções e inflamações que podem ter graves consequências. Além disso, se estendida para a fase adulta, a fimose aumenta as chances de doenças sexualmente transmissíveis (DSTs).

Em adultos, também é considerada um fator de risco para o surgimento do câncer de pênis, principalmente por causa da falta de higiene, que se torna menos efetiva em razão do acúmulo de pele.  

De acordo com o Ministério da Saúde, a falta de higiene é uma das principais causas do surgimento da doença. 

Cuidados em casos de fimose infantil

Cuidados como limpeza adequada do pênis com água e sabonete neutro, além da atenção para que o manuseio não cause incômodo na criança são algumas das formas de prevenir a fimose. 

Não faça massagens sem recomendação médica! Assim é possível evitar machucados que podem acarretar em tratamentos futuros desnecessários. 

Esse conteúdo foi útil para você? Deixe nos comentários a sua opinião e ajude outras mamães e papais. 

Enquete

Você sabia que é possível tratar a fimose sem cirurgia?

Sim
Não

NOSSO FACEBOOK!

Assine a nossa newsletter e receba novidades exclusivas!

  1.   Sou mamãe
      Sou profissional da saúde